Museu do Amanhã | Guimar Interiores

Museu do Amanhã

Para quem gosta de apreciar obras arquitetônicas e de bom gosto, o Museu do Amanhã é uma ótima pedida para se admirar as maravilhas que a arquitetura nos proporciona.

Com orçamento de aproximadamente 250 milhões de reais, o museu foi construído numa área total de 34,6 mil metros quadrados do Píer Mauá e ocupa 15 mil.

Inaugurado no final de 2015, o museu já teve milhares de visitas e vem agradando a todos que apostam na ideia do passeio de férias ou fim de semana.

Museu do amanhã e o VLT, ao fundo a ponte Rio-Niterói e Baía de Guanabara
Museu do Amanhã e o VLT

O museu

O projeto é símbolo da revitalização da região portuária do Rio. Com um conceito que se difere dos demais museus de ciência, a ideia é usar informações baseadas em fatos científicos para trazer questionamentos corriqueiros de longa data. Onde estamos? De onde viemos? Quem somos? Para onde vamos? Como queremos chegar? A exposição trata para que os questionamentos sejam respondidos à medida que o público vai conhecendo o lugar.

Interior da obra

No interior do museu, contamos com cinco ambientes, Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhã e Nós. Esses ambientes fazem com que o público entenda a proposta do museu, que é a de nos fazer refletir sobre o papel que temos no amanhã e como as ações tomadas no dia a dia impactam diretamente no futuro!

Ambientes no interior do Museu

Cosmos: temos a exposição de um vídeo que se passa dentro de um domo negro. O vídeo leva os visitantes ao coração do sol e permite acompanhar durante oito minutos a formação da terra, tudo em uma experiência em 360 graus.

Terra: O ambiente questiona quem somos. Na parte de fora do cubo é possível escutar o som de Yuri Gagarin —Primeiro Homem no Espaço—, vendo a terra pela primeira vez e o som que ela emite captado pelo universo.

Antropoceno: Área feita com colunas e telões que exibem informações atualizadas sobre o mundo com o objetivo de conscientizar as pessoas.

Amanhã: Tem como objetivo fazer o espectador se questionar como será o mundo daqui para frente com os recursos que temos atualmente.

Nós: O último ambiente promete fazer o público refletir sobre como chegaremos ao amanhã, tendo como base, todas as informações passadas ao longo da exposição.

Parte interna do Museu do amanhã com um globo gigante no teto
Parte Interna do Museu

Área externa

Do lado de fora do museu é possível apreciar a beleza, uma área que conta com plantações de 26 espécies de plantas diferentes. A ciclovia e os espelho d’água chamam atenção do público que passa pelo local.

A forma natural do museu tem como inspiração as bromélias, observadas pelo arquiteto que assina a obra, Santiago Calatrava, um dos arquitetos mais importantes da atualidade, responsável por diversas obras de sucesso como a ponte estaiada de Cosenza, localizada na Itália.

Parte de trás do Museu do Amanhã com espelho d'água.
Espelho D’água

O passeio pelo Museu do Amanhã, sem dúvidas é maravilhoso, e você ainda pode conhecer o VLT (Veículo Leve sobre Trilho), uma atração a parte, que faz um percurso por ruas históricas no Centro do Rio, na estação Parada dos Museus, Linha azul, sentido aeroporto Santos Dumont.

Descontos de até 60%

Cadastre-se e saiba como!

Obrigado!

 

Em breve você receberá as informações para garantir seu desconto!